África está levantando muralha de árvores que será maior estrutura viva da Terra

No futuro, haverá um muro gigante de árvores na borda do deserto do Sahel que cortará o continente africano de ponta a ponta. O projeto envolve 20 nações, sendo que em 11 delas a “Grande Muralha Verde” será construída – ou plantada – ao longo de 8 mil quilômetros de comprimento e 15 quilômetros de largura.

O que é a Grande Muralha Verde
Essa barreira natural, que irá cruzar o continente de leste a oeste, tem como grande objetivo minimizar os efeitos climáticos para as populações dos países. Até agora, já é possível ver alguns resultados muito positivos, como a reversão da desertificação de algumas regiões.

The Great Green Wall. It began eight years ago and it's really starting to take shape. One day it will be neary 8,000km long.#greatgreenwall

Posted by Great Green Wall on Monday, November 30, 2015

“O objetivo é proporcionar alimentação, emprego e futuro para milhões de pessoas que vivem numa região que é linha de frente das mudanças climáticas”, explica o site oficial do projeto. “Quando estiver pronta, a Muralha Verde será a maior estrutura viva da Terra e uma nova maravilha do mundo”.

A região do Sahel é uma faixa que corta o continente africano de leste a oeste, afetando mais de uma dezena de países. O lugar fica logo abaixo do deserto do Saara e sofre muitos impactos ligados às mudanças climáticas e falta de recursos naturais. Tudo isso será convertido quando a construção estiver concluída.

Iniciada em 2007, a Grande Muralha Verde deverá custar o equivalente a R$ 25 bilhões. O dinheiro vem do Bando Mundial, da ONU e da União Africana, além de algumas instituições europeias também apoiarem financeiramente.

Países que fazem parte da região do Sahel e receberão a Muralha de Árvores

A groundbreaking map of restoration opportunities along Africa's Great Green Wall has been launched at the UN climate…

Posted by Great Green Wall on Thursday, November 17, 2016

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *