Na noite mais fria do ano, o Inter oferece academia e sopa para quem precisa

A temperatura deve cair (ainda mais) no sul do Brasil. O clima está prevendo um frio intenso de 4ºC em Porto Alegre. Portanto, a Internacional sediará pessoas de rua no pavilhão esportivo do Gigantinho.

A academia tem 300 lugares, quase todos os 355 espaços oferecidos em toda a cidade. A administração do clube quer receber doações, especialmente colchões e cobertores. Os torcedores organizados pelo Inter estão preparando uma sopa, que deve ser servida à noite. Parceiro, a prefeitura diz que vai enviar colchões.

"Em uma ação inédita que reflete o espírito de solidariedade do Povo Clube, o Sport Club Internacional, em colaboração com o município de Porto Alegre, inaugura a academia Gigantinho para receber moradores de rua. Uma sopa será oferecida, preparada pelos aplausos organizados do clube ", disse a nota do clube gaúcho.

Até mesmo a ONG Cook of the Good está ajudando. O Gigantinho estará aberto entre sexta e sábado, das 7:00 às 21:00 horas.

River Plate

Em Buenos Aires, onde os termômetros tocam os 5 ° C, o River Plate abre as portas do Monumental de Nuñez. O estádio recebeu os necessitados com sopa quente, roupas quentes e cobertores.

O rio até ofereceu visitas noturnas ao museu. O clube argentino colaborou com a ONG Red Solidaria, conhecida por seu trabalho de caridade no país sul-americano. Havia pelo menos 224 pessoas e 103 estavam dormindo lá.

Buenos Aires tem cerca de 1.146 pessoas de rua. Os dados foram divulgados no último censo. No entanto, as organizações sociais estimam que pelo menos 7.000 não têm casa. Em Porto Alegre não é diferente, mais de 2 mil moram nas ruas.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *