Trump promete que bandeira dos EUA será fincada em breve em Marte

Visão de uma região de Marte cheia de crateras fotografada pela Agência Espacial Europeia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta quinta-feira, em discurso para comemorar o Dia da Independência, que os americanos verão em breve a bandeira do país fincada na Lua e em Marte.

Durante a parada militar organizada para celebrar a data em Washington, Trump afirmou que “não há nada impossível para os americanos”, uma frase muito aplaudida pelos presentes na parada militar organizada pelo governo no National Mall.

“Iremos outra vez à Lua em breve e fincaremos a bandeira dos Estados Unidos em Marte”, disse Trump no discurso, realizado em frente ao monumento de homenagem ao ex-presidente Abraham Lincoln (1861-1865) na capital do país.

Trump elogiou o engenheiro aeroespacial Gene Kranz, responsável por comandar a missão tripulada à Lua que a Nasa realizou em 1969, presente no evento desta quinta-feira, mas não deu detalhes sobre os planos revelados por ele hoje.

Esta não foi a primeira vez que o governo Trump afirmou que a Nasa voltará à Lua.

Em março, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, garantiu que a Nasa lançará uma missão tripulada ao satélite terrestre nos próximos cinco anos e que a primeira mulher da história a pisar na Lua será americana.

Além disso, a lei orçamentária proposta pela Casa Branca para o ano fiscal de 2019 prevê o desejo de Trump de realizar uma nova missão lunar. No entanto, o documento não estabelece prazos concretos para que a missão seja realizada.

Trump pediu em abril de 2017, três meses depois de assumir o cargo, que a Nasa acelerasse um pouco os planos de exploração espacial para que a Nasa enviasse humanos a Marte ainda durante seu primeiro mandato como presidente, que termina em janeiro de 2021.

A meta da agência é realizar esta missão na década de 2030.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *