É oficial: girafas adicionadas à lista de espécies ameaçadas de extinção

Os humanos fizeram isso de novo. Desta vez, não apenas uma, mas duas subespécies de girafas foram adicionadas à lista de animais em extinção.

Isso significa que agora eles estão sob a ameaça de extinção, e é principalmente devido aos seres humanos destruindo seus habitats.

Um novo relatório da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) mostra que o número de mamíferos diminuiu em até 40% nos últimos 30 anos.

Como resultado, as subespécies foram movidas de “Menos Preocupação” para “Vulnerável” agora. Chegando à “Lista Vermelha” de Espécies Ameaçadas.

“Duas subespécies específicas – o Kordofan e o Nubian – foram reclassificadas como ‘Criticamente em Perigo’, com as populações diminuindo mais rapidamente nas áreas selvagens da Eritreia, Guiné, Burkina Faso, Nigéria, Malawi, Mauritânia e Senegal.”

Sete das nove populações de espécies de girafas estão lutando para aumentar seu número. De fato, todos os nove sofreram grandes perdas diante da caça furtiva, agricultura, mineração e construção em toda a África.

Dr. Julian Fennessy, co-presidente da Comissão Especial de Sobrevivência da IUCN:

“Enquanto as girafas são comumente vistas em safáris, na mídia e em zoológicos, as pessoas, incluindo os conservacionistas, não sabem que esses animais majestosos estão passando por uma extinção silenciosa”

“Enquanto as populações de girafas no sul da África estão indo bem, o animal mais alto do mundo está sob forte pressão em algumas de suas faixas principais na África Oriental, Central e Ocidental”

 “Pode ser chocante que três das nove subespécies atualmente reconhecidas sejam consideradas ‘Criticamente em Perigo’ ou ‘Em Perigo’, mas estamos soando o alarme há alguns anos.”

O fato de as girafas estarem com muitos problemas e não ser uma notícia importante preocupa a mim e a muitas pessoas.

Por que eventos tolos fazem a notícia, mas grandes eventos como esse são escovados debaixo do tapete?

Após uma luta de dois anos por parte de ONGs e entidades ambientais, o departamento do governo norte-americano para questões ambientais (US Fish and Wildlife Service) anunciou a revisão de uma petição de 2017 para listar as girafas na Lei de Espécies Ameaçadas dos Estados Unidos (Endangered Species Act).

“Consideramos que a petição para listar as girafas apresentou informação substancial quanto às ameaças potenciais associadas ao desenvolvimento, agricultura e mineração”, anunciou um porta-voz do departamento.

Agora a US Fish and Wildlife Service deve compor a sua própria revisão, que deve levar um prazo de 12 meses e consultas públicas para determinar se as girafas serão incluídas na lista.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *